logo Instituto de permacultura

IPB e Petrobras lançam a Escola Umbuzeiro

 Aperfeiçoar a formação em educação popular rural de 44 agricultores/multiplicadores, jovens e adultos provenientes dos municípios de Umburanas, Ourolândia, Caém, Jacobina, Serrolândia, Várzea da Roça e Cafarnaum. Esse é o objetivo do Projeto Umbuzeiro – Escola Sustentável do Semiárido, desenvolvido pelo IPB – Instituto de Permacultura da Bahia, em parceria com o Programa Desenvolvimento e Cidadania da Petrobras, que será lançado no dia 18 de novembro (quarta-feira) no CTA - Centro de Treinamento e Aperfeiçoamento de Jacobina, das 16 às 20h.
A Escola Umbuzeiro, como tem sido carinhosamente chamado, tem o intuito de discutir estratégias de sustentabilidade para o semiárido.
 Metade dos participantes já desenvolve junto a 750 famílias rurais atendidas pelo projeto Policultura no Semi-Árido, a tecnologia da Policultura, vencedora do Prêmio Tecnologia Social 2007 da Fundação Banco do Brasil.
 O aperfeiçoamento deste grupo permitirá enfrentar o que atualmente é um dos principais problemas da agricultura familiar, que é a ausência de profissionais formados para promover o desenvolvimento rural por meio de uma tecnologia social adequada para a convivência com o semiárido. 
 A Escola Umbuzeiro será itinerante e durante os 11 meses de funcionamento, estão previstos encontros mensais em diversos municípios do semiárido baiano e ainda um encontro no estado da Paraíba.
 Além de marcar o início do projeto, o lançamento do próximo dia 18 também será a abertura do I Encontro Geral da Escola Umbuzeiro que ocorre até o dia 22 de novembro com a participação dos 44 agricultores-educandos, quatro membros da equipe da Umbuzeiro e da Profa. Dra. Ludmila Holanda da UEFS. O principal tema do encontro será identidade do educador popular.
 A Escola Umbuzeiro foi selecionada na Seleção Pública do Programa Desenvolvimento e Cidadania da Petrobras de 2007 e terá aporte de R$ 413.508,25 por este programa, no seu primeiro ano de implementação.
 Algumas instituições parceiras que serão fundamentais para a realização do projeto são: UEFS – Universidade Estadual de Feira de Santana, Unavar – União das Associações de Várzea da Roça, Cofaspi – Cooperativa de ATER (sede em Jacobina), Ascoob – Cooperativa de crédito (Jacobina), Codep - Conselho do território do Piemonte da Diamantina, alem dos STTRs - Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Várzea, Serrolândia e Umburanas. A Prefeitura Municipal de Jacobina é parceira no evento de lançamento.
 O projeto Escola Umbuzeiro foi construído coletivamente durante o Policultura, entre 2005 e 2006, pela equipe do IPB e grande parte dos agricultores e jovens participantes, respeitando os princípios da Permacultura, Agroecologia e educomunicação. tendo como objetivo formar educadores populares para contribuir com o desenvolvimento do semiárido baiano possibilitando aos agricultores familiares viverem com qualidade de vida, dignidade e autonomia.

Para mais informações contactar:
Alan Guedes – alan@permacultura-bahia.org.br – (71) 87276130 - coordenador da Escola Umbuzeiro
Dirce Almeida – dirce_almeida@yahoo.com.br – (74) 88169474
Sede da Escola Umbuzeiro (Jacobina) – Rua da Aurora, 90 – bairro Leader



19/11/2009

:: Clique aqui para vizualizar os noticias anteriores

Instituto de Permacultura da Bahia
Sede administrativa: Rua Fonte do Boi, 131, 1º andar - Rio Vermelho - Ciranda Café Cultura & Artes
Salvador - BA - 41.940-360 | Tel: 71 3232-4025 / Fax: 71 3232-4025
permacultura@permacultura-bahia.org.br